Sinal 571

na esdi

Entremeios em tempos de turbulência

Antropoceno. Para muitos é o nome dessa era em que crises de múltiplas dimensões se acumulam por conta da ação dos humanos no planeta. Apesar do significativo consenso em torno do termo e da catástrofe no horizonte, é possível traçar outros pontos-de-vista e arriscar outras parcerias. Bruno Latour propõe associações entre humanos e não humanos. Donna Haraway aposta em relações interespécies e tecnológicas. O mundo não acabou, muito pelo contrário, seguimos fazendo mundos com outros. Ou correspondendo a eles, nos termos de Tim Ingold.

Essa perspectiva abre imensas oportunidades para as práticas criativas e projetuais. Projetos e processos com outros – designers e não designers, humanos e não humanos – são capazes de estimular uma responsabilidade entendida como uma habilidade de responder à crise. São práticas simpoiéticas, seja de correspondência nos termos de Ingold, drawing things together nos termos de Latour ou making string figures nos termos de Haraway, dentre outras. Como alternativa ao impasse em que nos coloca o antropoceno, poderíamos então ensaiar modos simbióticos de habitar o mundo?

Com o objetivo de proporcionar diálogos entre indivíduos e coletivos de diferentes áreas do saber como design, arquitetura, artes, ciências humanas e sociais entre outras que tenham voltado seus esforços para processos e projetos que, diante dos desafios, se permitam permanecer com os problemas experimentando os impasses e incertezas ao invés de investir em resolvê-los de modo unívoco, o seminário ENTREMEIOS EM TEMPOS DE TURBULÊNCIAS apresenta trabalhos a serem debatidos em dinâmicas coletivas, durante o encontro, além de promover palestras, oficinas e rodas de conversa sobre temas pertinentes ao viver em turbulência sob diferentes perspectivas.

Organizado pelo Laboratório de Design e Antropologia (LaDA), da Escola Superior de Desenho Industrial, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Esdi/UERJ), o seminário segue para a sua quarta edição, que ocorrerá entre os dias 30 de novembro e 03 de dezembro de 2017, no Centro Carioca de Design e na Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI/UERJ). Novamente se abrirá para trocas entre iniciativas localizadas no campo prático e/ou teórico em áreas diversas colocando em pauta pesquisas, processos criativos, práticas colaborativas e experimentações especulativas para seguir vivendo em tempo de turbulências…

Acesse o site para conhecer a programação completa: http://ladaesdi.com/
Acesse a página do evento no facebook: https://www.facebook.com/entremeios.lada/
Confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/1336041623189385 


3º Simpósio de Pós-Graduação em Design da ESDI - SPGD 2017

Nos dias 21, 22 e 23 de novembro de 2017, o Programa de Pós-Graduação de Design da Escola Superior de Desenho Industrial (PPDESDI) realiza o 3º Simpósio de Pós-Graduação em Design da ESDI (SPGD 2017). Os objetivos do evento são o registro e divulgação das pesquisas realizadas no PPDESDI e a integração dos participantes do simpósio com a comunidade acadêmica. Os artigos apresentados foram desenvolvidos por alunos do Mestrado e Doutorado do Programa. Após as apresentações haverá espaço para debates e no último dia, o evento será encerrado com apresentação da Orquestra Harmonium, da Escola de Música Villa-Lobos, sob a regência do prof. João Zaniko.

programação completa e cadastro para participação:
https://www.even3.com.br/spgd_2017 


Lançamento do livro “Histórias do Design no Brasil III” na ESDI

No dia 04 de dezembro, às 19h, acontece na ESDI o lançamento do 3º volume da série de livros ‘Histórias do Design no Brasil’, que, como os volumes anteriores da série, é constituído por dez textos relativos às pesquisas desenvolvidas na disciplina ‘História Social do Design no Brasil’, do Programa de Pós-graduação da FAU/USP. No livro, são abordados temas como ensino, mobiliário, interiores, embalagens, identidade visual, exposições, produtos de plásticos e o campo editorial. Além da presença de quatro dos autores, o evento contará com duas palestras sobre histórias publicadas no livro que são relacionadas a designers que passaram pela ESDI. Bitiz Afflalo falará sobre o importante projeto de mobiliário escolar proposto na década 1970 pelo Instituto de Desenho Industrial IDI-MAM-RJ sob liderança de Karl Heinz Bergmiller, projeto que a partir de 1999 passou por revisões e adaptações para produção e implantação em escolas de São Paulo. A segunda palestra abordará a história de um escritório pioneiro no Rio de Janeiro, o A3 Programação Visual, que existiu entre 1980 e 1996 e que foi dirigido por quatro mulheres, Ana Luisa Escorel, Evelyn Grumach, Heloisa Faria e Cynthia Leite Araújo, das quais duas se graduaram na ESDI. Sua trajetória de destaque no campo do design é revisitada a partir dos depoimentos de Evelyn Grumach, Heloisa Faria e Cynthia Leite Araújo. O livro traz ainda outra importante contribuição para a memória do design no rio de Janeiro: a partir das ideias projetuais do professor José Luiz Mendes Ripper, um dos textos retoma a concepção do curso de design da PUC-Rio em 1972, e sua reformulação em 1981.

no rio

IV Bienal da EBA/UFRJ - Reflexos

Inicia-se nesta sexta-feira, dia 17 de novembro, a IV Bienal da EBA/UFRJ, este ano inspirada pelo tema Reflexos. A Bienal tem por objetivo apresentar o melhor da produção artística em pinturas, gravuras, desenhos, colagens, esculturas, fotografias, instalações, peças gráficas, indumentária, cenografia, desenho industrial e vídeos, reunidas numa exposição coletiva com 48 obras de 39 artistas graduandos, mestrandos e doutorandos da Escola de Belas Artes da UFRJ. A Bienal da EBA é um projeto de extensão da UFRJ que conecta todos os cursos da Escola de Belas Artes. Todos os processos da preparação deste evento envolvem estudantes: a identidade visual e a diagramação das peças gráficas foram realizadas por alunos do curso de Comunicação Visual; os textos do catálogo escritos por estudantes do curso de História da Arte; a mediação da exposição é realizada por estudantes; além dos artistas expositores, cujas obras são selecionadas por uma comissão composta por docentes da Escola. A Bienal acontece entre 17 de novembro e 17 de dezembro. Visitação de terça a sexta, das 10h às 18h; sábado e domingo de 13h às 18h. Ingressos: R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. Entrada franca aos domingos.

http://mnba.gov.br/portal/imprensa/novidades-do-museu/135-bienal-da-escola-de-belas-artes-ufrj-no-mnba.html

Arte Agora: Partilha de Matérias

Entre os dias 22 e 24 de novembro de 2017, acontece, no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, o “o Arte Agora: Partilha de Matérias”, encontro internacional organizado pelo Programa de Pós-graduação em Artes da Cena da Escola de Comunicação UFRJ. O evento reunirá artistas, pesquisadores e professores para um compartilhamento de materiais selecionados por cada participante a partir de suas pesquisas e interesses. O encontro busca investigar as seguintes questões: O que partilhar com os demais hoje? Quais matérias, pensamentos, histórias, vozes, sensibilidades, conceitos, trabalhos, modos de ação, de relação, de produção? Cada participante trará uma seleção de elementos de seu interesse – imagens, citações, cenas, danças, músicas, sons, narrativas, gestos, gentes, coisas, o que julgar necessário. Trará uma pequena coleção, arranjo portátil, massa de inspiração, matérias que devam ser compartilhadas nesse momento de grave crise política e violência cultural. Com a participação de: Ana Kiffer, Livia Flores, Gabriela Lirio, Izabela Pucu, Paula Marie Hildebrandt, Tania Rivera, Luiza Leite, Flavia Meireles, Thiago Florencio, Ricardo Basbaum, Pablo Assumpção Barros Costa, José Fernando Peixoto de Azevedo, Manoel Friques, André Lepecki, Felipe Ribeiro, Daniel Castanheira.

Programação: https://goo.gl/Z4hDdK 


Oficina Livre Imagem-Espaço: Cinema e Direção de Arte

A Escola de Cinema Darcy Ribeiro abre inscrições para o curso livre ministrado pelo diretor de arte Jean Louis Leblanc. Através dos Sentidos, das Artes e do Cinema, o curso exemplifica e descreve os processos de Escultura e Modelagem do Espaço (seleção e edição das Imagens-Espaço) e, de maneira específica, apresenta os agentes destes processos no Cinema (sua realização, suas disciplinas e seus departamentos), dando ênfase para o departamento de Direção de Arte (Production Design), transmitindo noções conceituais, práticas e técnicas. Propõe ainda a reflexão sobre o resultado do espaço esculpido no filme projetado. Jean Louis Leblanc é diretor de arte há 22 anos, com experiências em produções brasileiras e estrangeiras. O curso terá início no dia 25 de novembro de 2017.

inscrição e informações:
http://www.escoladarcyribeiro.org.br/oficinas-livres/oficina-livre-imagem-espaco-cinema-e-direcao-de-arte/


no mundo

Declaração de solidariedade das escolas de design em Portugal com a ESDI

O evento intitulado “A Esdi nos (pre)ocupa: jornada sobre a primeira escola superior de design do Brasil, da América Latina e da língua portuguesa” organizado por Frederico Duarte na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, instituição responsável pela criação do primeiro curso de design em Portugal, em 1975, gerou, por parte das escolas portuguesas de design, a iniciativa de criar uma petição em defesa da Esdi, da UERJ e do ensino público, a ser encaminhada ao governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, ao Presidente e a comissão de educação da ALERJ. Para que o documento seja encaminhado aos governantes, a petição precisa alcançar a meta, ainda não atingida, de 200 assinaturas. 

A campanha encontra-se aberta. Para contribuir acesse a plataforma Avaaz.org através do link: https://goo.gl/FcDwBU 


A World Design Organization (WDO) lança chamada de propostas para sediar sua Assembléia Mundial de Design em 2019

A World Design Organization é uma organização internacional não governamental fundada em 1957 para promover a profissão de Design Industrial. A WDO defende a inovação orientada para o design industrial visando a criação de um mundo melhor, e lança seu processo de licitação para encontrar um anfitrião para o World Design Assembly em 2019. O WDO espera receber propostas de organizações interessadas em trazer a comunidade de design internacional para sua própria cidade, sediando um dos maiores eventos da WDO e potencialmente alinhando a Assembléia com eventos de design local.

Em modelo de bienal, o WDO convoca sua assembléia geral com cerca de 150 participantes de mais de 40 países, representados pelos membros da WDO, ONGs e principais partes interessadas. É um evento de dois dias com tomada de decisão sobre questões-chave que afetam o futuro da indústria; planejando iniciativas como World Design Capital® e World Design Talks provocando um diálogo que ajuda a fornecer soluções para alguns dos maiores problemas da sociedade, como o desenvolvimento sustentável global.

informações: http://wdo.org