CorpoRua: travessias, atravessamentos, travessuras

< >

'Escolhemos falar antes de ruas do que de cidades. Queremos falar da política dos afetos que marcam diretamente nossos corpos, que nos impulsionam a atravessar impasses e criar coragem para novas travessias; da política dos movimentos e das ocupações, da política da contestação, das experimentações travessas, que vêm colocando em disputa ideias de liberdade, democracia, direitos, cidade, política. Crise de representação, avanço conservador, direita, esquerda, controle, vigilância, impotência - outras palavras que dizem de um recrudescimento dessas disputas na arena pública. Serão os corpos, ao menos alguns, capazes de mover as estruturas?

O 8º SIIT propõe interrogar o lugar que têm nessa disputa as múltiplas práticas que podem ser nomeadas políticas de rua ou, mais particularmente, políticas do corpo na rua. Falamos da rua – espaço concreto das interações com outros eus – antes da cidade – espaço político desses mesmos eus tornados discurso e objeto do planejamento. Pensamos assim em valorizar as interações face-to-face, em olhar os lugares de produção e de circulação desses modos, dessas falas e desses discursos fora das instituições difusoras de leis e notícias, mas em cima de calçadas, ruas, esquinas, ocupações, cotidianos. E com isso enxergar onde, como e por quem estão sendo construídos os espaços de direito e que formas de dominação eles abalam.

Sob o título “CorpoRua: travessias, atravessamentos, travessuras”, esta edição do simpósio buscará explorar formatos de interação entre os participantes que não descolem teoria de prática, forma e conteúdo ou corpo e pensamento. Temas caros à Rede LAIIT como território, produção social do espaço, lugares e identidades, fazer/dizer cidade, em suas dimensões estética, política, poética, cotidiana, serão trazidos ao modo de realização do evento por meio de uma espacialização das atividades do Simpósio na região central do Rio de Janeiro, particularmente nos arredores da Escola Superior de Desenho Industrial, a ESDI. O desafio é produzir um espaço que vaze o invólucro acadêmico e busque também outros encontros. Este é outro desdobramento temático, assinalado de alguma forma no título do Simpósio: a perspectiva do fazer com outrxs, seja entre os pares pesquisadores componentes da Rede LAIIT; entre estes e estudantes, professores e pesquisadores (acadêmicos locais); ou entre estes e participantes, individuais; coletivos convidados não acadêmicos ou mesmo outrxs a que se faz encontro na rua.

Sendo o primeiro Simpósio da rede a ser sediado por vários grupos de pesquisa, o fazer coletivo tem sido o tom das atividades de preparação. As escolhas de tema e modo de trabalho são já reflexo deste processo. Os grupos-sede têm se encontrado regularmente, em reuniões e oficinas de trabalho, cujo registro está disponível neste site. Convidamos assim, neste momento, os demais grupos integrantes da Rede LAIIT a participar da construção coletiva deste simpósio, pela submissão de propostas do que denominamos ação, o principal dispositivo pelo qual o formato do evento será composto.'

https://www.siitoito.com/