--gray-1
--gray-2
--gray-3
--gray-4
--gray-5
--red-1
--red-2
--red-3
--red-4
--red-5
--yellow-1
--yellow-2
--yellow-3
--yellow-4
--yellow-5
--green-1
--green-2
--green-3
--green-4
--green-5
--blue-1
--blue-2
--blue-3
--blue-4
--blue-5
--purple-1
--purple-2
--purple-3
--purple-4
--purple-5

Projetos

442 itens encontrados
a-z crono
PPDESDI Mestrado

Reflexões sobre o processo semiótico da identidade televisiva: o sonoro, o visual e o verbal nas vinhetas

A identidade televisiva é parte da identidade corporativa de uma emissora de televisão, um veículo de comunicação altamente influente e com elevada taxa de penetração em especial no Brasil. Composta pelas vinhetas interprogramas de identidade, também chamadas de vinhetas on-air, transmitidas nos intervalos comerciais, essa peça do design audiovisual objetiva identificar o canal, organizar a programação e, principalmente, transmitir os conceitos de marca da emissora. Sob a lógica de mercado, a identidade televisiva visa criar uma sólida imagem organizacional, gerando uma identificação com o telespectador, a fim de garantir a audiência da programação em um setor cada vez mais competitivo como o televisivo. Entendida como um signo complexo composto por signos sonoros, visuais e verbais, ela veicula significações que serão compartilhadas com os consumidores. Ao assistir a determinado canal de televisão, o telespectador torna manifesta sua identidade perante a sociedade. O objetivo desta dissertação é analisar como a identidade televisiva, uma das materializações da marca, cria essa identificação com o telespectador. Entendendo o Design como linguagem e a identidade televisiva como parte de um processo de semiose, a hipótese levantada é a de que as vinhetas on-air geram crenças nos telespectadores, fixando hábitos de conduta, isto é, hábitos de consumo. A teoria norteadora deste estudo foi a filosofia de Charles Sanders Peirce, a qual inclui sua Semiótica, um ferramental teórico adequado à análise de um meio híbrido por excelência a televisão em um contexto pós-moderno de fluidez, evanescência e provisoriedade. Também foram utilizados os conceitos das matrizes de linguagem e pensamento de Lucia Santaella, bem como uma bibliografia relativa às demais áreas de conhecimento que compõem a multidisciplinaridade do tema proposto. A análise desse objeto semiótico englobou os diferentes tipos de signos que o constituem, uma vez que a riqueza comunicativa da identidade televisiva se dá pelas inter-relações entre o sonoro, o visual e o verbal, que geram múltiplas possibilidades de interpretação. A pesquisa buscou ressaltar a importância do Design no processo semiótico da criação e da transmissão das mensagens e sua relação com outras linguagens que participam do meio televisivo.

15 dez 2009
Raquel Ferreira da Ponte
PPDESDI Mestrado

Design instrucional para cursos a distância adaptativos

Esta pesquisa objetiva dar continuidade à evolução dos sistemas de gerenciamento de cursos a distância através do estudo de técnicas de design instrucional, design de interfaces e hipermídia adaptativa, com ênfase no processo de criação e alimentação de conteúdos instrucionais em ambientes virtuais de aprendizagem. Para alcançar os resultados esperados, a pesquisa se dividiu em três vertentes: design instrucional, que é o estudo dos métodos de organização de conteúdos instrucionais com foco na eficiência da transmissão e fixação do conhecimento; educação a distância, através da qual as técnicas de design instrucional são aplicadas com o auxílio de sistemas de informação para permitir transferência de conhecimento entre pessoas ou entidades que estão em locais distintos; hipermídia adaptativa, que é um conjunto de técnicas e tecnologias capazes de tornar sistemas de hipertexto adaptáveis a diferentes perfis de usuários. O resultado esperado da pesquisa é a criação de uma ferramenta adaptativa de alimentação de conteúdos em um ambiente virtual de aprendizagem com o objetivo de tornálo capaz de gerar cursos adaptados a diferentes perfis de estudantes.

09 set 2009
Bruno de Souza Correa
PPDESDI Mestrado

Design gráfico e a mobilização social: cartazes contra a guerra do Iraque

A presente dissertação conceitua e analisa o campo do design gráfico socialmente engajado. A partir do levantamento de dados sobre o design gráfico dedicado a ações de melhoria social, constatamos que o cartaz é o principal suporte visual utilizado. Sendo assim, iniciamos este estudo com um panorama da história do cartaz, de modo a comprovar o papel deste suporte gráfico como um reflexo de seu período histórico e da evolução da comunicação visual. Em seguida, apresentamos o design gráfico socialmente engajado através da fundamentação teórica, a partir de textos de pensadores do design, e de um apanhado histórico com exemplos da utilização design gráfico em iniciativas de melhoria social. Ao final, apresentamos um estudo de caso com a análise gráfica de cartazes da campanha contra a guerra do Iraque, de modo a conceituar algumas estratégias visuais utilizadas na linguagem gráfica de protesto.

04 set 2009
Flávia de Barros Neves
PPDESDI Mestrado

A dimensão visual dos ambientes na web sob influência da participação dos usuários

 Frente à expansão dos ambientes digitais que seguem os princípios da web 2.0, percebe-se uma crescente abertura na participação dos usuários, vista a partir dos canais de interação social, produção e gestão compartilhada dos conteúdos digitais. A proposta dessa pesquisa é pensar como esse cenário de participação está moldando e fortalecendo uma estrutura social a web social capaz de atuar ativamente não só na produção dos conteúdos digitais, mas também na forma de apresentação desses conteúdos. Pautada nu-ma reflexão teórica e num levantamento empírico, essa pesquisa procura trazer luzes à re-lação que se estabelece entre as práticas de projeto e as práticas de uso na web, a partir da observação da emergência de uma nova estrutura de produção a criação colaborativa baseada na ação complementar entre designer e usuário para a definição da dimensão vi-sual dos ambientes digitais.

03 set 2009
Paula Sobrino de Souza Assumpção
PPDESDI Mestrado

Uso de hipermídia adaptativa no desenvolvimento de cursos virtuais de computação gráfica

O Ensino à distância (EaD) procura utilizar propostas pedagógicas para desenvolver sistemas inclusivos de ensino e aprendizagem. Estas propostas tem colaborado no sucesso que a EaD tem alcançado no meio empresarial corporativo. Neste meio, a demanda por cursos de formação técnica tem sido tão alta, que as empresas envolvidas no design instrucional de EaD criaram a noção de cursos à distância expressos, ou seja, cursos cuja a concepção e elaboração devem atender as tradicionais necessidades de rapidez do mercado de trabalho. Esta dissertação procura soluções para um tipo de ensino à distância ainda pouco explorado. O cenário que procuramos equacionar é o do ensino de ferramentas (softwares) para desenho vetorial, onde a metodologia de ensino é parte do processo de ensino corporativo. No processo atual de ensino de ferramentas de computação gráfica, o aluno submete ao professor, normalmente pela internet, o seu trabalho para que uma avaliação seja feita. Nesta dissertação sugerimos que este processo seja modificado de duas formas. Primeiro, no design instrucional para esta situação, trabalhamos constantemente a questão de avaliação não só na sua forma tradicional (atribuição de graus e valores) mas também como aperfeiçoamento do processo de ensino. A hipermídia adaptativa entra nesta proposta como facilitador da relação alunoprofessor-conhecimento, permitindo individualização de um ensino voltado para as massas. Em segundo lugar, propomos que a avaliação das tarefas sejam automatizada. O aluno oferece as partes (objetos) da solução que são avaliadas individualmente através de algoritmos computacionais. Isto permite uma menor participação do professor, o que é compatível com a proposta de cursos expressos. Para que isto seja possível a tarefa proposta pelo professor é dividida em objetos componentes, sendo o aluno estimulado a criar cada objeto segundo o modelo padrão oferecido. A comparaçào de cada objeto criado pelo aluno com o padrão a ser alcançado pode ser feita por diversos algoritmos computacionais existentes ou criados especificamente pelo autor do curso. Neste trabalho apresentamos exemplos desta abordagem e um protótipo que demonstra a viabilidade da proposta.

03 set 2009
Wallace Vianna da Silva
PPDESDI Mestrado

A visualização da informação quantitativa em jornalismo televisivo: classificação de infográficos em vídeo

Estudo da visualização da informação em telejornalismo, através da pesquisa da base teórica da visualização da informação, e da análise dos infográficos veiculados em vídeo no telejornalismo brasileiro, que fazem parte dos motion graphics. A pesquisa aborda diferentes visões da visualização da informação, o processo de produção dos infográficos, e uma categorização dos infográficos em telejornalismo brasileiro, que se constituem como um passo para a exploração mais profunda deste campo de atuação do designer. Além disso, as entrevistas realizadas com designers da TV Globo são um ponto forte no posicionamento do designer neste campo de trabalho e sua atuação. Acompanha um anexo digital com exemplos das partes contituintes de um telejornal e a classificação proposta.

31 ago 2009
Raphael Argento de Souza
PPDESDI Mestrado

Análise da Infografia Jornalística

Com a dinâmica da atualidade, cada vez mais o texto jornalístico tradicional se mostra insuficiente para atender à crescente necessidade de síntese de informação. Tal fato tem ocasionado o aprimoramento e a difusão dos infográficos jornalísticos, peças de design de informação que vêm cada vez mais se tornando ferramentas editoriais importantes. No presente trabalho, buscamos uma definição para o termo infografia jornalística e propomos alguns pontos a serem considerados em sua análise. A pesquisa foi voltada aos infográficos jornalísticos em revistas contemporâneas.

27 ago 2009
Ricardo Cunha Lima
PPDESDI Mestrado

O surgimento da marca Daspu e a projeção de sua imagem através da imprensa

O presente trabalho é um estudo sobre a criação e aparecimento público da Daspu, marca de vestuário feminino que se tornou conhecida nacionalmente ao entrar em polêmica com a grife paulista Daslu, importante multimarcas de luxo. A Daspu foi criada em 2005, no Rio de Janeiro, pela Davida, uma ONG de prostitutas voltada para questões ligadas à cidadania, ao combate à vitimização, à discriminação, ao preconceito e ao estigma que atingem as mulheres que exercem essa profissão. E a marca surge publicamente através da imprensa, de modo inesperado para a Davida, antes que a confecção/grife estivesse estruturada. Com base no papel que a questão da autonomia relativa entre marca e imagem da marca adquire no caso Daspu, a opção desta pesquisa foi a de focalizar o processo de projeção pública da imagem da marca no espaço configurado pela mídia. Num cenário de várias confluências buscou-se a identificação dos temas que se cruzaram nesta cobertura, remetendo-os às suas condições de enunciação, dadas por posições e competências, e ao modo como se articulam na imagem da marca. Visando trazer uma nova inteligibilidade aos processos de produção de sentido presentes no caso Daspu recorre-se ao conceito de palavra de ordem, proposto por Deleuze e Guattari, como chave teórica para compreensão do caso, retomando as circunstâncias que possibilitam a enunciação Daspu transformar a idéia de uma confecção em uma grife possível, e potencializar social e politicamente a ONG Davida.

04 ago 2009
Jeanine Torres Geammal
PPDESDI Mestrado

Tipografia para crianças: um estudo de legibilidade

A realização de testes para se avaliar a influência de parâmetros tipográficos diversos sobre o desempenho de leitura tornou-se intensa a partir de meados do século XX. Entre estes estudos, poucos foram realizados com crianças em processo de alfabetização sendo que a maior parte não obteve resultados significativos. Apesar disso, professores das séries escolares iniciais acreditam que o desenho tipográfico pode facilitar ou dificultar o reconhecimento de um texto, considerando o público infantil. Tendo como referência estudos realizados com crianças, um método foi selecionado e adaptado para a pesquisa, cujo objetivo principal foi investigar a influência de diferentes desenhos de letras sobre o desempenho da leitura realizada por crianças em processo de alfabetização. Em uma fase inicial, foram realizadas entrevistas exploratórias com professoras e profissionais envolvidos com alfabetização. Além de levantar dados acerca do ensino da leitura e escrita com foco nos diferentes desenhos de letras, os resultados desta fase subsidiaram a seleção de parâmetros para o teste de desempenho de leitura com crianças. Foi elaborado também um teste de opinião e preferência com as crianças participantes, que visou a entender seus julgamentos sobre diferentes desenhos tipográficos. Participaram da pesquisa 147 alunos de três escolas públicas da cidade do Rio de Janeiro, duas municipais e uma federal. O método utilizado na pesquisa consiste na apresentação de sequên¬cias ilógicas de palavras. As sequências de palavras, construídas tendo em vista o repertório verbal do público em questão, foram avaliadas em um pré-teste de leitura realizado com 15 crianças. As sequências foram compostas com quatro desenhos de letras distintos, um desenho com serifa, um sem serifa, um geometrizado e um projetado especificamente para crianças. Além desses desenhos, foi apresentado um texto composto apenas com letras maiúsculas. Os critérios de avaliação das leituras foram tempo de leitura, número total de erros e de tipos específicos de erros. Os resultados do teste de opinião e preferência não apontam uma relação entre o gosto por determinado desenho tipográfico e maior ou menor facilidade de leitura. Os resultados considerando tempo e número total de erros não apresentaram diferenças significativas. Entretanto, dois tipos de erros, trocas entre as letras a e o e trocas entre as letras do grupo b, d, p, q e g, apresentaram diferenças significativas, considerando a leitura realizada a partir dos textos compostos com diferentes desenhos de letras. As letras a e o foram trocadas mais vezes nos desenhos que utilizam a forma cursiva do a. E as letras b, d, p, q e g foram trocadas com maior frequência nos desenhos mais geometrizados, e apresentam menos detalhes ou acabamentos, como as serifas. O menor número de substituições ocorridas durante a leitura dos textos compostos com desenhos que apresentam maior diferenciação entre caracteres, independentemente destes estarem de acordo com aqueles praticados na escrita, sugere a existência de necessidades diferentes ao longo do aprendizado dos dois sistemas, leitura e escrita.

18 mai 2009
Leticia Gouvêa Rumjanek
PPDESDI Mestrado

O cartaz de cinema na filmografia de Glauber Rocha: uma análise semiótica

A presente dissertação investiga a trajetória de Glauber Rocha e sua articulação com o contexto cinematográfico, cultural e político no Brasil e no exterior. A partir de fundamentação semiótica, investigamos os cartazes produzidos para filmes de Glauber Rocha, diretor de cinema e expoente do Cinema Novo . Por meio da identificação na filmografia de Glauber dos filmes que dispuseram de cartazes, e do estudo de cada um destes casos em particular, segue-se a verificação da representação de conteúdos de cada filme em seus respectivos cartazes. A dissertação conta ainda com um capítulo ao final dedicado à análise do conjunto de cartazes frente à referida filmografia em sua totalidade.

30 abr 2009
Adriana Barbosa Ribeiro
PPDESDI Mestrado

Design líquido : uma investigação sobre a construção das identidades contemporâneas

As identidades que por tanto tempo estabilizaram o mundo social estão em declínio, fragmentando o indivíduo tido como um sujeito unificado. Essa crise é parte de um processo maior de mudança. Fomos envolvidos por estratégias que nos fazem buscar nossas próprias identidades individuais e coletivas nas possibilidades de oferta que o mercado dispõe constantemente, seja de objetos, produtos, serviços, emoções, adjetivos etc. Da cultura material passamos à cultura do imaterial. Podemos escolher transitar entre diversas culturas e transformar nosso eu de acordo com o contexto e nossos desejos. É nesse contexto fluido que o branding se torna uma proposta inovadora de identidade de marca com o estabelecimento de imagens, percepções e associações pelas quais diversos públicos que influenciam uma organização irão se relacionar com ela. Esta pesquisa faz uma análise da identidade através da constituição do sujeito em nossa sociedade e através da construção de marca e de identidades institucionais. A empresa brasileira de cosméticos Natura é utilizada como ilustração para entender o branding e reposicionar o design na contemporaneidade.

25 mar 2009
Filipe Moraes Pinheiro das Chagas
PPDESDI Mestrado

O Processo de Construção das Fontes Digitais de Simulação Caligráfica

Conceituação do objeto pesquisado: a definição de fontes digitais de simulação caligráfica, origem e evolução tecnológica. A identificação das categorias de compreensão da forma caligráfica: as características visuais associadas ao universo instrumental da caligrafia; ao processo de construção da escrita; à perícia ferramental e à caligrafia como ocorrência espaço-temporal. O processo de construção das fontes digitais de simulação caligráfica. As etapas de construção das fontes de simulação baseadas em referências concretas: análise do original, digitalização, vetorização, métrica e fechamento do arquivo. As estratégias de construção das fontes baseadas em referências conceituais. Articulação de características estruturais e expressivas associadas ao instrumental caligráfico. A sugestão do ductus caligráfico em fontes digitais de simulação: construção contínua e interrompida. As estratégias associadas à representação visual da habilidade ferramental: ornamentação, integração e imperícia. O conceito de variância aplicado à tipografia digital: variância manual, aleatória e planejada. Apresentação dos projetos Zapfino, Bickham e Champion Script. Comentários a respeito da relevância das fontes digitais de simulação caligráfica: conservação, interação, compartilhamento e valorização da prática caligráfica.

05 mar 2009
Fabio Lopez
PPDESDI Mestrado

O design brasileiro de tipos digitais: elementos que articulam na formação de uma prática profissional

Esta pesquisa se propôs investigar como surgiu e vem se constituindo o campo profissional do design brasileiro de tipos digitais. Foi estabelecido um mapeamento aberto desse processo, identificando os marcos, os agentes e as relações que os conectam na consolidação dessa área de atuação. São, inicialmente, abordadas delimitações e categorias relativas à tipografia e ao design de tipos em geral, e as particularidades desse campo frente ao paradigma das tecnologias digitais. Em seguida são abordadas as condições tecnológicas e sócioeconômicas que possibilitaram o crescimento da atividade em âmbito internacional e seu surgimento no Brasil, bem como os modos de colocação dos projetos na esfera de mercado e algumas tendências projetuais/estilísticas contemporâneas. São também indicados os eventos de promoção da atividade no Brasil a partir do início da década de 2000, bem como as principais publicações nacionais dedicadas ao assunto. São, então, apresentados os projetos identificados como mais relevantes dos designers de tipos brasileiros, a partir de meados da década de 1980 até o ano de 2009. Nessa etapa da pesquisa foram utilizadas referências bibliográficas já disponíveis sobre o assunto, bem como entrevistas realizadas com designers de tipos brasileiros. Por fim, são apontados os principais caminhos seguidos, alguns dilemas do presente e algumas perspectivas que se desenham para o futuro.

02 fev 2009
Ricardo Esteves Gomes
PPDESDI Mestrado

O Design na Produção Moveleira da Serra Gaúcha

O presente trabalho visou levantar e analisar dados sobre o desenvolvimento de design na produção contemporânea das indústrias moveleiras dos pólos de Bento Gonçalves e Flores da Cunha, no Rio Grande do Sul. Para tanto, foram abordadas questões referentes ao desenvolvimento brasileiro, de acordo com os aspectos social, cultural e industrial; à indústria moveleira, em relação aos panoramas internacional, nacional e sul-rio-grandense; aos processos de imigração, em especial a italiana, que se instalou na Serra Gaúcha; ao desenvolvimento industrial, principalmente moveleiro, no Rio Grande do Sul; à institucionalização do design neste Estado; aos designers gaúchos e seus escritórios; e aos pólos moveleiros da Serra Gaúcha, representados pelas cidades de Bento Gonçalves e Flores da Cunha. A partir dessa fundamentação teórica, realizou-se uma pesquisa de campo que abrangeu nove empresas moveleiras dos pólos citados. Dessa forma, chegou-se a resultados apresentados pelo panorama pesquisado que propiciaram a discussão sobre a produção moveleira dessa região.

30 out 2008
Daniele Dickow Ellwanger
PPDESDI Mestrado

Mobiliário brasileiro de exportação: um estudo da competitividade da indústria com foco em São Bento do Sul, SC

Com a estabilização econômica alcançada a partir da implantação do Plano Real em 1994, o foco da agenda econômica do país mudou, da obsessão pelo combate à inflação e aos problemas do balanço de pagamentos, para novas preocupações, como, crescimento econômico sustentável, microeconomia do desenvolvimento e competitividade. Nesse sentido, tornam-se importantes os estudos sobre o setor industrial, por esse continuar mantendo-se como o setor de maior potencial indutor do crescimento econômico no Brasil. São Bento do Sul, situado no planalto norte de Santa Catarina, e assunto dessa dissertação, ocupa posição relevante no cenário da indústria moveleira do país, sendo responsável por quase a metade das exportações brasileiras de móveis. Uma melhor compreensão da dinâmica da realidade do arranjo produtivo em questão, demanda a utilização de metodologia que se aplique à análise de setores industriais. A teoria da vantagem competitiva de Michael Porter, considerando os conceitos de que, são as empresas e não as nações que competem no comércio internacional, e que, a unidade básica de análise para se compreender a competição é a indústria, disponibiliza instrumental que permitiu pontuar os determinantes que contribuíram para a formação das vantagens competitivas de São Bento do Sul. No decorrer da análise, revelou-se uma estrutura da indústria com forte poder de uma das forças (compradores), personificada hoje, a nível local, pelas agências exportadoras. Em razão desse desequilíbrio em favor dos compradores, observado na estrutura da indústria, haverá um amplo direcionamento para a busca de vantagens de menor custo e não de diferenciação. Apresenta-se como de fundamental importância, o resgate da idéia de que a estrutura da indústria não é imutável, podendo as empresas com suas estratégias, influenciá-la a seu favor. Ações nesse sentido, poderão potencializar o envolvimento futuro da indústria de serviços de design, evitando assim o equívoco de se pensar em sua inserção autônoma, ignorando o fato de que, o design estará sempre submetido a uma leitura econômica.

15 set 2008
Alexandre de Barros Teixeira
PPDESDI Mestrado

Imprinta, uma gráfica para designers

A presente dissertação tem como objeto de estudo a Gráfica Imprinta, criada a partir de um projeto cuidadosamente elaborado por seus mentores Aloísio Magalhães e Arnaud Torres, com o objetivo de atender, principalmente, aos designers gráficos do Rio de Janeiro. Enfocando o período de 1969 a 1989, que compreende a trajetória da Empresa desde sua concepção até a mudança de administração, o trabalho se insere na história da evolução da Indústria Gráfica no Rio de Janeiro. Aborda o período que se inicia com a formação dos alunos da Escola Superior de Desenho Industrial, ESDI UERJ, em 1963, até a década de 1980, com a consolidação da tecnologia offset, como principal forma de impressão em nosso país. Partiu-se da premissa de que a conjuntura tecnológica pode influenciar no processo de desenvolvimento de um impresso e, também, de que os designers podem interceder no processo evolutivo de uma gráfica. Numa primeira fase foi feita uma pesquisa exploratória na qual entramos em contato com ex-alunos formados pela ESDI, durante a primeira década de seu funcionamento, que apontaram a Gráfica Imprinta como referência de serviços diferenciados. Passando esta, a ser o foco da pesquisa, abordamos seu idealizador, Arnaud Torres, bem como, mais sete designers e dois antigos funcionários. Os profissionais que participaram da pesquisa, nos forneceram dados por meio de entrevistas não estruturadas, que ocorreram entre junho e agosto de 2007, foram gravadas e posteriormente transcritas e analisadas. Elaboramos um acervo iconográfico que se refere, tanto à história da Imprinta como também, documenta parte da produção de alguns designers e a indústria gráfica da época. Consideramos que a história da Gráfica Imprinta demonstra que, naquele momento de transição da tecnologia, a disponibilidade nela encontrada pelos designers para sua experimentação no campo da produção e a troca de conhecimento que ali se verificou, produziram crescimento em termos técnicos e teóricos para todos os envolvidos, bem como, incremento na qualidade dos impressos ali executados e otimização de projetos gráficos futuros

10 set 2008
Thais Vieira
PPDESDI Mestrado

Motion graphics: linguagem e tecnologia - anotações para uma metodologia de análise

Estudo da produção de motion graphics como um fenômeno original de linguagem e tecnologia, visando o levantamento de subsídios para uma metodologia de análise adequada à produção da área. A pesquisa aborda aspectos projetuais e propõe três grandes dimensões estruturais para o entendimento do motion graphics: a dimensão da matemática e da computação gráfica; a dimensão plástica; e a dimensão da linguagem. No final do trabalho a análise de um spot comercial de televisão exemplifica e testa a aplicabilidade das diretrizes metodológicas desenvolvidas. Acompanha a dissertação um anexo digital ilustrando as questões estudadas.

29 jul 2008
João Carlos Pacheco Rodrigues Velho
PPDESDI Mestrado

A identidade visual da Coleção dos Cem Bibliófilos do Brasil, 1943/1969

Este trabalho versa sobre a identidade visual de uma coleção de livros sem um projeto gráfico com padrão de repetição entre eles. A coleção em questão é da Sociedade dos Cem Bibliófilos do Brasil, editada por Raymundo Ottoni de Castro Maya, entre as décadas de 1940 e 1960. A contribuição do estudo desta Coleção ao campo do design é a reflexão sobre quais as considerações de identidade visual são necessárias para se projetar, no caso, uma coleção de livros, mas que se estende às demais áreas do design gráfico.

12 jun 2008
Gisela Costa Pinheiro Monteiro
PPDESDI Mestrado

As relações entre Design e o Armonial de Suassuna

Estudo do Movimento Armorial com ênfase em propostas de artes visuais e design a partir da produção visual, discurso e objetivos de Ariano Suassuna, fundador e protagonista deste movimento artístico-cultural pernambucano, formalizado na década de 1970, que busca produzir uma arte erudita a partir da cultura popular. Contextualização histórica e aproximação ao universo intelectual de Suassuna; formação de sua imagética armorial. Análise das iluminogravuras (poesias ilustradas) de Suassuna e de seu Alfabeto Sertanejo, projeto de fonte tipográfica inspirado em ferros de marcar boi do Sertão do Nordeste brasileiro. Breve histórico e formas básicas dos ferros. Estudo de outros projetos de fontes tipográficas baseadas nesta mesma manifestação sociocultural sertaneja. Seleção de projetos de design relacionados ao Armorial, com atenção especial àqueles que fazem uso de fontes tipográficas inspiradas nos ferros de marcar

29 mai 2008
Francisco Beltrão do Valle
PPDESDI Mestrado

História de Cenografia e Design: a experiência de Helio Eichbauer

Partindo da obra e da experiência do cenógrafo brasileiro Helio Eichbauer, esta dissertação debate os possíveis conceitos e paradigmas do projeto em Cenografia através da história, relacionando a profissão do cenógrafo com a do designer devido às suas características de desenvolvimento de projetos. Trata de uma experiência didática desenvolvida nos anos 1970 no Rio de Janeiro, considerada como uma época de ensino holístico do Design, da Cenografia e das Artes. Finalmente, estuda o caso da cenografia realizada para o espetáculo O rei da vela, de Oswald de Andrade, direção de José Celso Martinez Corrêa, em 1967, mostrando a construção de significado a partir de sua composição espaço-visual.

14 mai 2008
Luiz Henrique Sá
PPDESDI Mestrado

Os Plásticos: Panorama Histórico de Materiais e Design

Definições relativas ao objeto de estudo: os polímeros, suas categorizações e nomenclatura, como adotadas neste trabalho. Usos de materiais poliméricos naturais, da antiguidade à era industrial. Usos de materiais poliméricos naturais na indústria do século XIX e XX. Considerações sobre o design em materiais plásticos no século XIX. O desenvolvimento de materiais poliméricos semi-sintéticos no século XIX e sua aplicação industrial nos séculos XIX e XX. O estabelecimento da cultura de consumo. A percepção dos plásticos no século XIX. O surgimento dos materiais poliméricos sintéticos no século XX e seu impacto no design e produção em massa. Os avanços da química teórica e sua influência no desenvolvimento da indústria. O estabelecimento do design como disciplina formalizada na primeira metade do século XX. As primeiras manifestações da transformação de plásticos no Brasil. O papel dos plásticos na indústria das guerras e o reflexo das guerras no desenvolvimento da indústria de plásticos e no incremento do consumo na segunda metade do século XX. A expansão dos empregos dos materiais plásticos e o design produzido com estes materiais. A percepção dos plásticos no século XX. Tendências no design na segunda metade do século XX e o emprego dado aos plásticos. Os plásticos questionados como problema ambiental. Alguns caminhos possíveis para os plásticos no século XXI.

29 abr 2008
Gerson de Azevedo Lessa
PPDESDI Mestrado

Os passos da modernidade: uma abordagem crítica do design de calçados

A presente dissertação dedica-se ao estudo do design de calçados e, especificamente, à identificação e análise de suas relações com a modernidade. Sob esta ótica, procura-se evidenciar as mudanças ocorridas a partir do século XVII, como a organização e a estrutura de produção e comercialização de calçados na Europa, que culminam com o surgimento de um novo profissional - o designer de calçados. Com o intuito de auxiliar este novo profissional, o principal objetivo desta dissertação é a contribuição para a base de conhecimento em relação ao design de calçados. Apresenta-se, assim, uma nova proposta de tipologia de calçados, na qual pode-se classificar toda a diversidade de modelos contemporâneos, cujo design reflete claramente as influências da modernidade.

24 abr 2008
Ludmila Vieira de Oliveira
PPDESDI Mestrado

Visualização em nuvens de texto como apoio à busca exploratória na web

A presente dissertação é o resultado de uma pesquisa que avalia as vantagens da utilização de nuvens de texto para apresentar os resultados de um sistema de busca na web. Uma nuvem de texto é uma técnica de visualização de informações textuais e tem como principal objetivo proporcionar um resumo de um ou mais conteúdos em uma única tela. Em uma consulta na web, os resultados aparecem listados em diversas páginas. Através de uma nuvem de texto integrada a um sistema de busca é possível a visualização de uma síntese, de um resumo automático, do conteúdo dos resultados listados em várias páginas sem que elas tenham que ser percorridas e os sites acessados individualmente. A nuvem de texto nesse contexto funciona como uma ferramenta auxiliar para que o usuário possa gerenciar a grande carga de informação que é disponibilizada nos resultados das consultas. Dessa forma os resultados podem ser vistos em contexto e, ainda, as palavras que compõem a nuvem, podem ser utilizadas como palavras-chave adicionais para complementar uma consulta inicial. Essa pesquisa foi desenvolvida em duas fases. A primeira consistiu no desenvolvimento de uma aplicação integrada a um sistema de buscas para mostrar seus resultados em nuvens de texto. A segunda fase foi a avaliação dessa aplicação, focada principalmente em buscas exploratórias, que são aquelas em que os objetivos dos usuários não são bem definidos ou o conhecimento sobre o assunto pesquisado é vago.

27 mar 2008
Márcia Lunardi
PPDESDI Mestrado

Avaliação de usabilidade do sistema Dosvox na interação de cegos com a web

Este relatório apresenta o desenvolvimento e os resultados de uma pesquisa sobre a usabilidade do Dosvox, sistema gratuito desenvolvido na UFRJ e utilizado por cegos no desempenho de suas tarefas com o uso de computadores, inclusive para interação com a Web. Por meio de pesquisa exploratória baseada na observação da interação de estudantes cegos com a Web, foram identificados problemas de usabilidade na interface do Dosvox e do Webvox, programa que faz parte do sistema e é utilizado no acesso a sítios eletrônicos na Web. Embora tenha havido uma grande preocupação em se desenvolver o Dosvox com foco no usuário iniciante, em entrevistas estruturadas com os desenvolvedores descobriu-se que os problemas estavam relacionados com o fato de a interface ser projetada de acordo com o modelo mental desses profissionais de Informática. Isso dificulta o seu uso por pessoas menos habituadas com estes conceitos. Somou-se a esses resultados informações encontradas na observação de cegos especialistas em acessibilidade usando o Dosvox na interação com a Web. Após a observação, foram realizadas entrevistas estruturadas, permitindo que fossem apontados outros problemas do sistema, além de caminhos de melhoria para a usabilidade do Dosvox.

29 fev 2008
Edson Rufino de Souza
1... 9 10 11 12 13... 19