--gray-1
--gray-2
--gray-3
--gray-4
--gray-5
--red-1
--red-2
--red-3
--red-4
--red-5
--yellow-1
--yellow-2
--yellow-3
--yellow-4
--yellow-5
--green-1
--green-2
--green-3
--green-4
--green-5
--blue-1
--blue-2
--blue-3
--blue-4
--blue-5
--purple-1
--purple-2
--purple-3
--purple-4
--purple-5

Projetos

design gráficoRelacionado a
Limpar filtros
51 itens encontrados
a-z crono
Design

Logos Cinéticos: Origem e popularização dos logos cinéticos em identidades visuais

Laura Policarpo Sena Tavares
Graduação Design

Baralho dos Orixás: profanação dos dispositivos a partir do afrofuturismo

O propósito deste trabalho de conclusão de curso é a criação de um baralho temático que destaca os orixás da mitologia iorubá, com o objetivo de promover a visibilidade da cultura africana. A proposta é realizar uma intervenção em um objeto comum à luz das teorias de dispositivo e profanação de dispositivos de Michel Foucault e Giorgio Agamben. Para alcançar esse objetivo, foi realizada uma investigação abrangente sobre a mitologia iorubá, tarot, jogos de cartas e afrofuturismo. O documento também aborda o progresso no desenvolvimento do projeto, fornecendo detalhes sobre suas diferentes etapas. Por fim, apresenta-se o projeto do baralho temático, descrevendo o processo de criação e o desenvolvimento da identidade visual associada ao projeto.

2023
Gabriela Almeida Santos Costa
Graduação Design

VITERA

Este trabalho de conclusão de curso tem o objetivo de desenvolver um projeto de lançamento para um jogo independente de RPG, com o um protótipo de alta fidelidade de um livro. Para contextualizar, o projeto inclui brevemente a história do mercado do RPG e o cenário atual. Para metodologia utilizei a técnica de análise de produtos similares para assimilar as identidades visuais e as regras dos sistemas de RPG, adaptando os conceitos para construir o produto. Por fim eu descrevo as partes desenvolvidas para o produto final que contemplam as regras e o projeto editorial.

2023
Luís Pedro Lucas da Rosa
Graduação Design

VER E OUVIR: A Evolução das Embalagens dos Sistemas Sonoros

O seguinte trabalho é fruto de uma pesquisa historiográfica envolvendo os artefatos de armazenamento de som e suas embalagens. Ele foi idealizado a partir do desejo da autora, como estudante de design, de unir o interesse pela música junto com temáticas inerentes ao curso de sua formação.

2022
Sofia Jordão Ferreira de Mendonça
Design

Revista Passos - Edição 01

Vários responsáveis
Kyle Tah Theh Kuo
Laura Gadelha e Silva
Laura Rocha dos Anjos
Design

Hello World!

Vários responsáveis
Kyle Tah Theh Kuo
Laura Gadelha e Silva
Graduação Design

Praças Saens Peña: narrativas visuais sobre seus usos e experiências

Praças Saens Peña é um livro composto por um conjunto de histórias em quadrinho curtas, mostrando diferentes experiências e usos que a praça do título teve ao longo das décadas de sua existência. Foi desenvolvido por Cadu França como projeto de conclusão de graduação na Escola Superior de Desenho Industrial, inicialmente sob orientação da professora Zoy Anastassakis e posteriormente da professora Barbara Szaniecki. Com seis protagonistas em cinco histórias que nunca se encontram temporalmente (apesar de existirem no mesmo espaço), o projeto busca refletir sobre a relação dos usuários com este espaço público e sobre a imagem dos moradores da Tijuca ao registrar suas existências, o bairro e a cidade.

2018
Carlos Eduardo Braga França
PPDESDI Mestrado

Design em fluxo: processos e temporalidades dos memes de internet

 Na passagem do século XX para o século XXI, vimos a internet se expandir mais rapidamente que outros sistemas de comunicação. O fácil acesso a ferramentas de edição de texto e imagem, por sua vez, popularizou processos de escrita visual. O modelo de difusão um-para-todos, característico dos grandes veículos de mídia, foi impactado pelo novo modelo todos-todos, característico da web colaborativa, com seus fóruns, blogs e mídias sociais. As pessoas, no papel de consumidoras, produtoras e propagadoras de conteúdos digitais, encontraram nas interfaces fluidas e dinâmicas das mídias sociais espaço propício para a proliferação de peças de mídia. Dentre estas peças, imagens conhecidas como memes de internet espalharam-se pelos diálogos em rede. Compartilhados de pessoa em pessoa, memes tornaram-se uma linguagem em si, através da qual é possível expressar-se diante das mais diversas questões cotidianas, sociais e políticas. Nesta pesquisa, investigo a produção e o consumo de memes de internet compartilhados em mídias sociais a partir de temas de grande repercussão nacional. Busco processos e temporalidades associados a estas soluções flexíveis e alteráveis que, fruto do design vernacular, ou mesmo profissional, espalham-se rapidamente por interfaces digitais. Em seus fluxos, que se dão em torno da construção coletiva de identidades meméticas, são formados conjuntos de peças de mídia em constante mutação. Enquanto registro vivo de fluxos de produção e compartilhamento de ideias, memes de internet constituem uma base consistente, vasta e acessível, para análise de uma nova linguagem narrativa que emerge da cultura digital.

30 ago 2017
Paula Alexandre Schuabb
Design

Festa dos Calouros 2016

Kyle Tah Theh Kuo
Graduação Design

O processo criativo propriamente dito

O projeto consiste no desenvolvimento de um registro de texto e imagem sobre os experimentos e estudos realizados a cerca do processo criativo como experiência humana. Estruturado a partir de imagens e textos produzidos pelos participantes durante os experimentos, entrevistas realizadas, conteúdo teórico e estudos explicativos sobre o assunto. Objetiva uma reflexão sobre as individualidades e pluralidades ao pensar criativamente como ser (humano) consciente-sensível-cultural.

2015
Marina Almeida de Oliveira

Vibeology: sobre músicas e sentimentos

Vibeology é um projeto de visualização de dados sobre música e sentimentos. Utilizando como fonte de dados os charts musicais da revista norte americana Billboard, foi feita uma análise subjetiva das músicas de maior sucesso, de modo a identificar o sentimento expresso em suas letras. Para tanto, utilizou-se a categorização de emoções proposta por Ortony & Turner (1990), atribuindo a cada verso uma emoção. A partir desses dados, foram criados gráficos que permitem ao observador enxergar o mapa de sentimentos de cada música, além de mostrar de forma comparativa como se desenvolve a química entre música e sentimento em cada gênero musical.

2015
Camila Barboza Martins
Graduação Design

Lettering manual: individualidade no design gráfico contemporâneo

A partir do meu interesse por ilustração manual, a minha estadia em Londres (2013-2014) e o estudo da tipografia, a ideia da abordagem temática para o meu projeto de formatura se concretizou. Essa simpatia me levou à observação de uma prática comum entre os jovens designers e estudantes que buscam o desenho e técnicas tradicionais como determinantes da sua prática do projeto. Esse desenho de letras, ou "lettering", carrega traços individuais e adiciona personalidade às composições. O produto final é uma série de cadernos que aborda a minha pesquisa e o material desenvolvido com finalidade didática, cujos tópicos são: História e Conceito, Contexto Contemporâneo e Referências, Modelos de Letras e Exercícios Prático. Além do projeto editorial, desenvolvi a identidade visual a partir da própria metodologia proposta.

2015
Mila de Choch Fonseca
Graduação Design

De dentro a experiência é outra

Este projeto tem como principal finalidade desenvolver um novo conceito em relação à experiência da compra de móveis, se desdobrando em um projeto híbrido com três diferentes vertentes. Visa atrair tanto os interessados em design de interiores e arquitetura quanto curiosos, apaixonados por gastronomia, música e artes. Tem como principais características a experiência fundada na integração entre os cinco sentidos e a inovação através da realização de projetos desenvolvidos por estudantes ou recém formados selecionados por editais. Tem como pré-requisito sua instalação em uma casa definida como patrimônio histórico de acordo com a prefeitura local. Tendo conhecimento da falta de eventos com proposta similar ou com distanciamento dos eventos anteriores, foi possível mesclar experiências de diversos setores identificados como concorrentes para o melhor entendimento do serviço. A partir da observação desses setores, foram geradas diversas alternativas até a definição das características propostas pelo evento: integração, inovação e experimentação.

2015
Barbara Rocha Sanches
Graduação Design

Aqui trem: o universo do comércio ambulante dos trens do Rio de Janeiro

Aqui Trem é um zine que reúne fragmentos de histórias sobre o comércio ambulante dentro dos trens, desenvolvido como projeto de conclusão de graduação na Escola Superior de Desenho Industrial por Marcele Azevedo, sob orientação da professora Zoy Anastassakis. O zine apresenta pequenas narrativas de passageiros e ambulantes que se relacionam, de alguma forma, com a prática dos camelôs nos trens do Rio de Janeiro. Esta compilação de conversas busca registrar, por meio de relatos e imagens, parte deste universo.

2015
Marcele Moreira Azevedo
Graduação Design

Apócrifa

Apócrifa é um projeto que resulta num filme de curta-metragem de ficção de animação de cerca de seis minutos de duração. Seu objetivo é entreter e instigar, tocando em temas eternamente espinhosos como religião, poder, frustração e existencialismo, com um toque de humor. O curta mostra a trajetória de Deus ao anunciar o fim do mundo, sua interação com a humanidade e com seus anjos subalternos, e seu confronto com o filósofo alemão Friederich Nietzsche. A história busca humanizar a figura de Deus, dando a ele características e emoções humanas como vaidade, frustração, dúvida, insegurança e afeto, narrando um momento crucial na vida do personagem. O repertório visual mistura personagens cartunizados, colagens e cenários de pintura suave, mas também conta com um momento de experimentação em mesclar a linguagem da colagem com animação, apropriando-se e manipulando recortes de pinturas clássicas e renascentistas A animação é executada quadro a quadro digitalmente.

2014
Lucas Pelegrineti Grynszpan
Graduação Design

Aspas urbanas

ASPAS URBANAS é um projeto colaborativo que busca estimular o diálogo entre as pessoas e a cidade. Através do registro e divulgação de imagens de manifestações predominantemente textuais presentes no espaço público urbano — como a pichação e o stencil — o projeto convida as pessoas a pensar, discutir e dar opiniões sobre as histórias e pontos de vista expressos nesses espaços. O projeto acontece através da distribuição de uma série de cartões postais, cada um com um registro de uma manifestação não autorizada inserida no espaço público urbano. Cada pessoa que recebe o postal é convidada a dar a sua opinião sobre a mensagem contida na imagem. O presente relatório contempla a primeira edição do projeto, que acontece na cidade do Rio de Janeiro.

2014
Louise Dias
Graduação Design

Nenhuma futilidade será permitida

“Nenhuma futilidade será permitida” é um projeto de natureza teórico-prática que pretende instigar a reflexão acerca das ideias propagadas por expoentes do design gráfico. A origem do trabalho surgiu na observação de que, ao longo da formação acadêmica em design, entra-se em contato com discursos dos mais diversos a respeito de questões específicas da atividade profissional, sem que haja debates sobre tais declarações que possam aprofundar pensamentos críticos. O perigo para o que esse trabalho tenta alertar é que essas crenças ou pontos de vista alheios podem vir a ser apropriados como ‘verdades’ pessoais e definitivas. Além disso, este trabalho investiga o processo de construção de pensamento em design gráfico. Pergunta-se, por exemplo, se a experimentação formal e tecnológica na realização do projeto de um cartaz pode ser uma estratégia para deflagar novas formas de pensamento nesse campo. O projeto de uma exposição efetivamente realizada procura contribuir para essa discussão.

2014
Fernando Chaves de Cerqueira
PPDESDI Mestrado

Visualização dos dados estatísticos da Uerj: proposta de dashboards baseados no trabalho de Jacques Bertin

Os painéis de gráficos estatísticos conhecidos como dashboards são utilizados comumente naárea de Business Intelligence (BI) para a visualização de grandes sistemas organizados de dados. A presente dissertação propõe embasar o projeto de dashboards pelas teorias de Jacques Bertin, formuladas nas obras Sémiologie Graphique e La Graphique et le Traitement Graphique de l information. Considerando este referencial, e ainda parâmetros do design de informação e da visualização de dados, foram desenvolvidos dashboards que apresentam dados sobre a política de reserva de vagas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, sistematizados pelo projeto de BI dessa instituição. O objetivo foi não apenas o de atender aos requisitos convencionais de um dashboard, mas sobretudo o de apresentar outras perspectivas informativas. Nesse sentido, investigam-se as especificidades dos métodos de Bertin e sua expansão para o domínio dos sistemas interativos.

25 set 2013
Luiz Frederico Sarkis Arbex
PPDESDI Mestrado

Monteiro Lobato: editor gráfico (1918-1925)

O objetivo desta dissertação é mostrar como se deu o envolvimento de Monteiro Lobato com o design gráfico enquanto editor e gestor de suas editoras: a Edições da Revista do Brasil, a Monteiro Lobato e Cia. e a Cia. Graphico-Editora Monteiro Lobato, no período de 1918 a 1925. A análise gráfica das publicações editadas por Lobato, neste intervalo, serviu como fio condutor da pesquisa. Por fim, foi feita uma descrição gráfica dos exemplares coletados, que foram produzidos no mesmo período.

30 ago 2013
Alexandre Esteves Neves

Baixada correndo solta

Tornar visíveis produções culturais independentes e locais na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, pode contribuir para uma nova percepção sobre essa região cercada de estigmas de periferia. Buscando evidenciar o valor de tais iniciativas no contexto cultural local, este trabalho tenta desvelar e, ao mesmo tempo, registrar o atual panorama cultural independente dessas cidades. Além disso, empenha-se em refletir sobre a importância do design como agente provocador de novos modos de perceber e discutir as dimensões da sociedade e da cultura. Para isso, o projeto expõe as etapas do processo de mapeamento, as visualizações dos dados colhidos e o projeto gráfico do fanzine, suporte final de apresentação de pesquisa.

2013
Elaine Rodrigues
Graduação Design

O Corpo Carioca

Cariocas é uma série de 50 cartões postais ilustrados sobre os corpos do Rio de Janeiro, onde através da linguagem caricatural valoriza-se o corpo real seja ele, gordo, magro, negro, branco ou tendo qualquer diferença em seu fenótipo. 

Sendo vendido em dois pontos específicos (livrarias e bancas de jornal), os postais possuem duas versões diferentes, no formato de livro e avulsos nas bancas de jornal. 

O objetivo principal desses postais é transmitir com humor uma crítica sobre os padrões de beleza impostos pela sociedade que valoriza o corpo como possível instrumento de capital. 

2013
Joab Alves dos Santos
Graduação Design

Quero colo!

O projeto consiste em uma coleção de fascículos sobre cuidados com o bebê nos seus 2 primeiros anos de vida. A coleção é formada de dois grandes volumes, cada qual abordando um tema específico, Alimentação e Saúde do bebê. O objetivo é informar e orientar, de forma compreensível e dinâmica, uma mãe primípara, sobre como cuidar seu filho da melhor maneira possível. O trabalho ainda traz pesquisas culturais, mostrando os modos diferentes de como seguram um bebê com os carregadores, além de comparação das vantagens e desvantagens, entrevistas com mães e resultados de visitas a hospitais e postos de saúde para entender a falta de informação sobre os carregadores de bebês e seus benefícios, traz estudos sobre tecidos, formas de carregar e preço dos materiais para compreender qual seria o melhor carregador de bebê para cada mãe.

2012
Débora Maria Franco Silva
Graduação Design

Criatividades

O projeto "Criatividades" tem como proposta a divulgação de pontos culturais e criativos na cidade do Rio de Janeiro, estimulando a sua valorização pela população local e/ou turista. Foram criadas três peças gráficas, um folder e postais impressos, e um site, com representações de mapeamento e dados quanto às áreas: arquitetura, arte, artes cênicas, cinema, design, fotografia, moda e música. Foi dado ao projeto o recorte das regiões de Centro, Zona Portuária e Santa Teresa. Todas as peças gráficas apresentam um mapa da região, em que cada atividade é indicada com um número correspondente, na legenda sendo dados os nomes, as áreas em que se encaixa, endereço e website.

2012
Isabelle Sampaio de Souza Lavigne Sáfadi
PPDESDI Mestrado

O design das cédulas brasileiras do cruzeiro ao real (1970-2010)

Este trabalho é uma investigação da história do papel-moeda brasileiro, do cruzeiro de 1970 ao real de 2010, do ponto de vista do Design Gráfico, considerando as dimensões histórica, tecnológica e política do objeto dinheiro impresso. Foram levantados dados de diferentes fontes, como bibliografia especializada, documentos da Casa da Moeda do Brasil e do Banco Central, bem como entrevistas com profissionais envolvidos nos projetos de papel-moeda brasileiro no período de 1970 a 2010. O estudo aponta para uma crescente nacionalização do processo de projeto gráfico do papel-moeda brasileiro a partir dos anos 1960, com a aprovação da proposta da cédula de cinco cruzeiros pela Casa da Moeda, dando início à nacionalização definitiva dos trabalhos de projeto e de produção de cédulas pelo Brasil, atingida com o lançamento da família de cédulas projetada por Aloísio Magalhães, e com a modernização da Casa da Moeda no final dos anos 1970.

06 set 2011
Guilherme Ribeiro Tardin Costa
1 2 3